010 – Joss Whedon: Mais que um diretor… É um verdadeiro fã.

Se tem algo que realmente me impressionou nesse semestre, foi ver a operação realizada em cima do filme “Os Vingadores”. Em apenas dois meses saíram trailers, fotos, cartazes, banners e comerciais de TV. Fora isso, tem também os vários e vários comentários e bate-papos em sites de cinema/entretenimento.

Por causa dessa campanha toda, e pelos seus fãs, Vingadores já bateu o recorde  nos EUA e Canadá de melhor abertura de toda a história  do cinema, tirando o recorde que antes fora de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2. Mas esse sucesso todo em cima do filme, não é apenas por causa das suas cenas de ação, reunião dos heróis, coisa e tal. O que faz de Vingadores ser tão especial é o seu roteiro. Principalmente pelo seu roteiro diversificado. E o grande responsável por isso é o diretor e roteirista Joss Whedon.

Whedon é mais conhecido por causa de suas séries “Buffy- A Caça Vampiros” e “Firefly”. Ele também foi responsável pelos roteiros de “Velocidade Máxima”, “Alien – A Ressurreição”, e (pasmem) “Toy Story” – da Pixar Animation Studios. Como diretor ele estreou no filme “Serenity”, adaptação da série Firefly.

Como um verdadeiro fã de HQ`s, onde ele mesmo já realizou alguns trabalhos, Joss Whedon foi chamado pela Marvel Studios, para roteirizar e dirigir a reunião dos maiores heróis da Terra. Nessa hora do campeonato, não preciso dizer que o projeto deu certo. E numa extraordinária forma de respeito e gratidão, Joss fez nessa semana, algo que dificilmente vemos nos dias de hoje… Ele escreveu uma carta aberta aos fãs, agradecendo pelas criticas (positivas) que vem recebendo e o sucesso que o filme se tornou.

“As pessoas me dizem que minha vida está prestes a mudar. Tenho certeza de que isso é verdade – e toda a mudança é empolgante, eu acho – e talvez eu seja reconhecido na Comic-Con e possa comprar um jantar de primeira – de primeira MESMO, com trufas e essa coisa toda.

Mas o que não vai mudar é o que realmente importa. O que não muda é que eu tenho o grupo de – nem vou chamar de fãs, vou chamar de “galera” – mais leais e inteligentes, articulados e apaixonados seguidores que eu poderia querer. Quando ninguém estava prestando atenção em mim, quando as pessoas provavelmente não deveriam mesmo estar prestando atenção em mim, eu tinha três constantes: minha família, meus colaboradores e vocês […] pessoas que sempre me fizeram sentir a verdade deste trabalho: ser uma artista é se comunicar com o público. Comunicação esta que chega ao ponto da colaboração.

Então este sou eu, dizendo OBRIGADO a vocês. A todos vocês. Vocês que levaram tanta pedrada por apreciar meu trabalho e que agora podem sair e gritar “eu não te disse?'”, completou.

O diretor segue respondendo algumas perguntas de fãs, a começar pela mais insistente de todas: como ele se sente com a “competição” entre Os Vingadores e Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge?

“ESTE NÃO É UM JOGO. Nossos sucessos dependem um do outro. Estamos em um negócio de provar que filmes de super-heróis não são apenas bonitinhos, são TRUFAS. As pessoas adoram colocar um cineasta contra o outro, mas acho que essas pessoas estão muito equivocadas. Tanto faz quanto dinheiro Batman faça na sua primeira semana, o que importa é que EU definitivamente estarei na fila e que Nolan e Raimi REINVENTARAM o gênero dos super-heróis (sem esquecer Jon Favreau e James Gunn). Fico feliz de estar entre eles”.

Nota-se que além de agradecer aos seus fãs, ele praticamente calou a boca de quem insiste em colocar rivalidade entre as duas maiores empresas de HQ no mundo: DC Comics e Marvel Comics. Tudo bem que existe um pequena rivalidade entre as duas no quesito de vendas, mas a coisa termina por aí.

Desde o dia 27/04/2012 onde o filme estreou em mais de 25 países, o filme já arrecadou até quarta-feira (09/05) US$ 775,4 milhões. E continuando nesse ritmo Vingadores pode ser o filme mais rápido a chegar na casa do US$ 1 bilhão. Caso isso aconteça, que é o mais provável, Joss Whedon colocará seu nome na história do cinema.

Sinceramente, eu é que gostaria de lhe agradecer Joss Whedon, pelo magnifico presente que você nos deu. A sensação de voltar a ser uma criança por duas horas, jamais será esquecida.

Paulo H. S. Cassila.

Anúncios

Sobre CINECASSILA

Aqui no CineCassila você pode encontrar as maiores curiosidades de Hollywood, além de conferir fotos e trailers dos lançamentos mundiais.

Publicado em 13/05/2012, em Matérias. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: